Nova Sede Abreu Advogados

Comercial & Serviços

DESIGNAÇÃO DA INTERVENÇÃO URBANA:
Nome: Nova Sede Abreu Advogados
Localização: Av. Infante D. Henrique, 26
Promotor/dono de obra: Fidelidade Property Europe, S.A
Arquiteto: Openbook Architecture
Construtor: Domingos da Silva teixeirta S.A. (DST)
Data do fim de construção: 05/05/2017

ENTIDADE QUE APRESENTA A CANDIDATURA: Empresa: Fidelidade property Europe, S.A.
Morada: Largo do Chiado, 8,
Localidade: Lisboa
Código Postal: 1249-125
Telefone: 213401743
Site:
APRESENTAÇÃO BREVE DA INTERVENÇÃO URBANA:

Importante projecto de reabilitação de um edifício de construção centenária adquirido pela Fidelidade Property à APL em Outubro de 2014, localizado na zona ribeirinha de Lisboa em frente ao Terminal de Cruzeiros. Trata-se de um conjunto edificado, utilizado durante muito tempo como armazém, constituído por duas naves com 2 pisos e pátio interior, interligados pontualmente por edificações e atravessamentos aéreos. A intervenção, desenvolvida em total respeito pela traça e características morfológicas do imóvel, permitiu a sua adaptação às necessidades de uma grande empresa, oferecendo elevados padrões de qualidade e funcionalidade, aliadas a soluções energeticamente eficientes e limpas (p.e., recorrendo a sistemas de ventilação natural). O edifício acomodou todos os serviços da Abreu Advogados, uma das maiores sociedades de advogados nacionais, suportados por um conjunto de infra-estruturas de grande modernidade – o edifício dispõe de um auditório com capacidade para cerca de 100 pessoas, 15 salas de reunião (tipo smart meeting-rooms) equipadas para videoconferência, food-court , zonas de lazer, phone boths, garagem com capacidade para 50 veículos incluindo vagas para veículos eléctricos. O projeto surgiu da acção conjunta da Fidelidade Property, enquanto investidor, da Abreu Advogados como futuro ocupante e da Openbook Architecture que identificou o ativo e desenvolveu o projeto arquitectónico.

MOTIVO DA CANDIDATURA:

Projecto emblemático que marca o início da realibitação de uma zona da cidade ainda em consolidação, numa fase em que não se registava qualquer procura de espaços de escritórios na zona ribeirinha. A intervenção de reabilitação converteu um edificio, que se encontrava degradado e afeto a utilização pouco relevante para a sua localização, num edificio emblemático, hoje ocupado por uma empresa de referência que ali instalou 220 postos de trabalho. A reabilitação permitiu manter a memória dos edificios originais, nomeadamente pela preservação das asnas de madeira do 1º piso e das abóbodas do piso térreo, mas converteu-o num dos mais bonitos e modernos espaços de escritórios da cidade.