Eurostars Aliados

Cidade do Porto

DESIGNAÇÃO DA INTERVENÇÃO URBANA:
Nome: Eurostars Aliados
Localização: Av. dos Aliados, 195 A 207, 211 E 221 - Porto
Promotor/dono de obra: Three Mind, SA
Arquiteto: Arq. Miguel Brito Nogueira | NN Arquitectura LDA
Construtor: Ferreira, Construção SA
Data do fim de construção: 17/08/2020

ENTIDADE QUE APRESENTA A CANDIDATURA: Empresa: NN Arquitectura e Planeamento, Lda.
Morada: R. do Dr. Mário de Vasconcelos e Sá 145
Localidade: Porto
Código Postal: 4050-352
Telefone: 228349100
Site: https://nnarquitectura.pt
APRESENTAÇÃO BREVE DA INTERVENÇÃO URBANA:

Antigo edifício da Companhia de Seguros Garantia projectado pelo arquitecto Júlio José de Brito e construído em meados de 1950´s. É um edificio emblemático, pela sua localização num gaveto, em plena Avenida dos Aliados, tendo os números, 195 a 237 por este lado e os números 17 a 39 pelo lado da Rua Ramalho Ortigão, com frente para o edifício da Câmara Municipal do Porto, composto por um piso de rés-do-chão, cinco pisos superiores, um piso recuado com varandas e terraço, outro piso recuado com sacada corrida. O edifício caracterizava-se por uma linguagem que se apresentava como um compromisso entre o modelo tradicional e o modernismo, sendo sóbria, austera e funcional quando comprada com a linguagem dos edifícios vizinhos da Avenida dos Aliados. Caracteriza-se também pelo terreno circular na esquina e pelo seu interior onde se encontram elementos de alguma nobreza tais como revestimento em mármore do vão das escadas e a espacialidade dos salões localizados no torreão. Toda a intervenção se pautou pela preservação do caracter original do edifício, conferido pela sua escala, desenho de fachadas e caixilharias bem como por todos os seus elementos arquitectónicos e respectivos revestimentos. De um modo geral, a intervenção não constituiu uma grande dificuldade na adaptação ao novo uso de hotel.

MOTIVO DA CANDIDATURA:

A apresentação desta candidatura ao Prémio Nacional de Reabilitação Urbana pretende valorizar a importância da intervenção arquitectónica em edifícios no centro histórico da cidade invicta, respeitando os princípios vigentes em conservação e restauro, nomeadamente pela utilização de materiais reversíveis e compatíveis, recorrendo a técnicas diferenciadas para a identificação da intervenção.