Sotheby's International Realty

Melhor intervenção inferior a 1000 m2

DESIGNAÇÃO DA INTERVENÇÃO URBANA:
Nome: Sotheby's International Realty
Localização: Rua do Povo do Burro, Carvoeiro, Algarve
Promotor/dono de obra: Sotheby's International Realty
Arquiteto: Correia/Ragazzi Arquitectos
Construtor: CS Construtora
Data do fim de construção: 01/01/2017

ENTIDADE QUE APRESENTA A CANDIDATURA: Empresa:
Morada:
Localidade:
Código Postal:
Telefone: 911111111
Site:
APRESENTAÇÃO BREVE DA INTERVENÇÃO URBANA:

A nova sede da Sotheby’s no Carvoeiro, Algarve, ocupa um edifício pré-existente pautado por materiais e técnicas de construção tradicionais e locais. A vontade de salvaguardar e recuperar a edificação e sua adaptação à nova função motiva algumas demolições, nomeadamente a nível do interior do edifício, por não se encontrar no melhor estado de conservação. Estas alterações permitirão, a nível da configuração espacial recuperar o imóvel bem como adaptá-lo às exigências contemporâneas. Pretende-se igualmente redesenhar a fachada principal tendo esta sido claramente intervencionada e desconfigurada ao longo dos anos; após o seu estudo, procurou-se devolver a que se prevê ter sido a configuração original, dado o ritmo de vãos presente a nível do piso superior. Ainda a nível do alçado principal, a norte, será acrescentada uma platibanda, como é aliás tradição na maioria dos edifícios da região, e à imagem de várias existentes na zona.

O funcionamento interno do edifício será simples: no rés-do-chão encontra-se o acesso principal, do público. O hall possui uma área de pé direito duplo onde se instala uma escada de ligação entre os dois pisos que será o elemento principal, de carácter escultórico; trata-se de uma solução que pretende conferir ao espaço maior fluidez como forma de garantir uma maior espacialidade. No piso superior propõe-se um lanternim que convoca as construções da região, solução que permite dotar este espaço de maior luminosidade e pé-direito, conferindo-lhe uma espacialidade e interesse particular. O volume novo, que se implanta no terraço, é revestido com o mesmo material do edifício existente e terá igual cércea; alberga a copa, terminando a sua cobertura num lanternim. Os dois volumes assumidamente distintos pressupõem opções arquitectónicas para a sua materialização no sentido da reabilitação, manutenção e consolidação das paredes e estrutura existentes optando-se, sempre que possível, por materiais e técnicas tradicionais locais. 

MOTIVO DA CANDIDATURA:

Apresentamos esta candidatura por se tratar da reabilitação de uma construção que se encontrava em elevado estado de degradação, no centro da vila do Carvoeiro. A intervenção pretendeu recuperar as características locais e devolver o edifício à vila tendo sempre em consideração a sua integração no tecido urbano consolidado. Foi dada primazia a técnicas e materiais locais e tradicionais apostando-se igualmente numa escolha cromática bastante tradicional, duas cores, branco e azul, que percorrem o edifício em diferentes momentos, através de diferentes materiais, promovendo igualmente a integração do novo volume. O exemplo de uma intervenção contemporânea que faz uso do conhecimento e materiais tradicionais e locais numa nova espacialidade que garante todas as especificidades necessárias ao uso actual inclusive a nível de legislação.