Torel Palace Porto

Turístico

DESIGNAÇÃO DA INTERVENÇÃO URBANA:
Nome: Torel Palace Porto
Localização: Rua de Entreparedesn.ºs 42-54
Promotor/dono de obra: Marec Imob Sicafi, S.A.
Arquiteto: Eduardo Miguel de Brito Nogueira
Construtor: Costa e Carreira Construção e Obras Públicas
Data do fim de construção: 15/02/2020

ENTIDADE QUE APRESENTA A CANDIDATURA: Empresa: N&N Arquitectura e Planeamento, Lda
Morada: Rua Dr. Mário Vasconcelos e Sá 145
Localidade: Porto
Código Postal: 4050-352
Telefone: 228349100
Site: http://nnarquitectura.com/
APRESENTAÇÃO BREVE DA INTERVENÇÃO URBANA:

A intervenção proposta visa a alteração de uso do Palacete, que se encontrava abandonado, para fins turísticos – a construção de um hotel de charme. O Palacete dos Campos Navarro é um edifício imponente, cuja decoração original representa o estilo da alta sociedade burguesa do século XIX. Foi esse o ambiente que se pretendeu recriar em todas as divisões para usufruto dos futuros hóspedes deste complexo hoteleiro. O património integrado existente original revela uma qualidade elevada, e foi na sua totalidade aproveitado, conservado e restaurado, retomando a suja beleza original. Agora transformado num deslumbrante hotel de cinco estrelas, esta unidade hoteleira conta com 24 quartos e Suites, um restaurante, um spa e um exuberante pátio exterior. O Palácio - típico da burguesia da época - é um dos mais impressionantes e ilustres exemplares do período da arquitetura romântica portuense com particular destaque de alguns dos seus elementos como a escadaria, os tetos em estuque finamente trabalhados e enriquecidos com cor, as paredes com a sua pintura de fingidos e finalmente a esplendorosa clarabóia do último piso.

MOTIVO DA CANDIDATURA:

O motivo da candidatura prende-se essencialmente porque o trabalho aqui apresentado resulta do duplo objetivo de devolver a integridade física e estética ao património artístico integrado neste imóvel, respeitando os princípios vigentes em conservação e restauro, nomeadamente pela utilização de materiais reversíveis e compatíveis, recorrendo a técnicas diferenciadas para a identificação da intervenção; e de criar um ambiente que transporte o hóspede para a beleza dos palacetes da alta burguesia do século XIX, aliada às comodidades exigidas atualmente, dando-lhes o máximo de conforto e qualidade. O projeto decorativo efetivado baseou-se nas técnicas tradicionais de construção e decoração, construindo os diversos ambientes decorativos com a qualidade e pormenor utilizados na época que pretendemos replicar.