The Ivens – Explorer Hotel

Turístico

DESIGNAÇÃO DA INTERVENÇÃO URBANA:
Nome: The Ivens – Explorer Hotel
Localização: Rua Ivens 14 / Rua Capelo 14, Lisboa (GPS 38.709618,-9.140125)
Promotor/dono de obra: Fidelidade Property Europe
Arquiteto: RRJ Arquitectos
Construtor: Construtora San Jose / Cobelba
Data do fim de construção: 06/12/2021

ENTIDADE QUE APRESENTA A CANDIDATURA: Empresa: Fidelidade Property Europe
Morada: Largo do Chiado 8
Localidade: Lisboa
Código Postal: 1249-125
Telefone: 904251912
Site: None
APRESENTAÇÃO BREVE DA INTERVENÇÃO URBANA:

O projeto “The Ivens” resultou da adaptação de um palacete do final do século XVIII, construído no coração da zona histórica do Chiado, em tempos considerado como um exemplo da arquitetura civil oitocentista. O edifício foi sendo alvo de intervenções desqualificadoras, resultantes da sua adaptação aos diferentes usos que o ocuparam ao longo do tempo. As primeiras alterações estão ligadas diretamente às atividades industriais/comerciais que estavam instaladas no piso térreo do imóvel. Tratava-se da “Casa Alcobia”, ou mais tarde denominada “Grandes Armazéns Alcobia”, que se dedicava ao fabrico e comércio de móveis. Em 1984, após aquisição do imóvel pela Rádio Renascença, este é objeto de profundas alterações, para transformar o edifício em estação de rádio que funcionou neste edifício até 2016. A adaptação do edifício às exigências de funcionamento da estação de rádio, resultou numa compartimentação anárquica e desprovida de valor. Pouco ou nada restava da compartimentação original. O imóvel foi adquirido pela Fidelidade Property Europe à Radio Renascença, em março de 2016, tendo em vista reforço da carteira de imóveis do grupo Fidelidade, num projeto que previa a reconversão do edifício numa nova unidade hoteleira de referência da cidade de Lisboa. A obra de reabilitação do edifício, entregue à Constructora Sanjose. A intervenção arquitetónica da RRJ Arquitectos respeitou a traça original do edifício, recuperando o seu charme e encanto, dentro do contexto urbanístico privilegiado em que se insere. Foram tidas em conta as morfologias dominantes, bem como todos os elementos arquitetónicos e construtivos de valor cultural, com o objetivo de preservar a imagem do quarteirão, no que se considera um importante contributo para a reabilitação desta zona central da capital. As fachadas principais, orientadas para a Rua Ivens e a Rua Capelo, mantêm o seu traçado e desenho original, incluindo cantarias e elementos decorativos. O alçado tardoz por estar descaracterizado, foi totalmente reformulado, tendo sido introduzido elementos construtivos contemporâneos, e respeitou a estereotomia clássica da época e da envolvente. O seu interior, embora completamente novo, foi reconstruído no espírito do período romântico que caracterizou a época de ouro do chiado. O logradouro, antigamente ocupado por construção descontextualizada, foi igualmente requalificado, tendo o projeto procurado valorizar a relação dos convidados com o espaço exterior. O Hotel, agora concluído, está dotado de um total de 87 unidades de alojamento (10 das quais são suites) distribuídas em 6 pisos acima do solo. Possui ainda um parque de estacionamento para 31 viaturas, situado nos pisos -3 e -2; uma sala de reuniões / eventos, uma zona social com bar situada no piso -1 e um espaço de restauração, projetado pelo reputado arquiteto catalão Lázaro Rosa Violán, situado no piso 0 e -1. O espaço de restauração - que em termos funcionais ocupa quase a totalidade do piso 0 – possui zona de estar, bar e zona de refeições ocupando a totalidade da área entre as duas fachadas e a nova área exterior no logradouro - cumprirá, não só, a necessidade de servir refeições aos convidados do hotel, mas também ao público em geral, funcionando como um elemento âncora do conjunto

MOTIVO DA CANDIDATURA:

Requalificação e recuperação para a vida da cidade de um edifício com uma qualidade arquitectónica exterior e dimensão invulgares, mas cujo interior se encontrava completamente desqualificado por sucessivas intervenções, desde a sua construção. A intervenção instalou uma unidade hoteleira de 5 estrelas de charme.